Foto da instituição
Católica do Tocantins
Conheça um pouco sobre a Católica do Tocantins

Criada dia 25 de novembro de 1999, pela 56ª Assembléia Geral da União Brasiliense de Educação e Cultura, a Católica do Tocantins, teve em Reunião Extraordinária da Diretoria da UBEC, em 04 de abril 2002, provisoriamente, nomeados, como Diretora Geral, a Profª Débora Pinto Niquini, como Vice-Diretor Administrativo, o Prof. José Cardoso de Sousa, como Vice- Diretor de Planejamento e Desenvolvimento, o Prof. Bruno de Azevedo Costa e como Vice-Diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão, o Prof. Pe. Duile de Assis Castro. Na 193ª Reunião da Diretoria da UBEC, do dia 16 e 17 de dezembro de 2002, foram nomeados, em definitivo , respectivamente, como Diretor Geral e Vice- Diretor administrativo, o Prof. Luiz Antonio Hunold de Oliveira Damas, e o Prof. Rocco Procida.

MISSÃO

“Potencializar a formação integral do cidadão, por meio da geração e transferência de conhecimento e da educação evangelizadora, na perspectiva do desenvolvimento sustentável”.

VISÃO DE FUTURO

“Ser Centro Universitário de referência na Região, reconhecido pela excelência dos processos de ensino e aprendizagem e da transferência de conhecimento caracterizada pela pastoralidade, inovação, empreendedorismo, pertinência, metodologias ativas e sustentabilidade”.

PRINCÍPIOS

A Faculdade Católica do Tocantins, desejando ser reconhecida pela excelência dos seus processos de ensino e aprendizagem, define a integridade, o respeito, a inovação, a transparência, a cooperação e integração, a equidade e a liderança responsável como sinalizadores de caminhos na consolidação do seu novo status institucional, buscando tornar-se excelente no ensino e na aprendizagem, na extensão e na pesquisa/iniciação científica.

VALORES

Os valores estão apresentados a partir dos comportamentos desejados e que deveriam influenciar todos os envolvidos na comunidade acadêmica. A Católica do Tocantins elege como valores a espiritualidade, cidadania, inovação, excelência, família como possibilidade de vivências atitudinais que a caracterizam, diferenciadamente como IES Católica.
  • Espiritualidade: Comportamentos desejáveis – ser tolerante, priorizar os vulneráveis, vivenciar a fé, isto é, ter convicção no que faz.
  • Cidadania: Comportamentos desejáveis – praticar ações claras e justas, servir as pessoas, cuidar da “Casa Comum”;
  • Inovação: Comportamentos desejáveis - promover o aprendizado, assumir atitude proativas, agir com criatividade;
  • Excelência: Comportamentos desejáveis - buscar a qualidade, ter visão sistêmica, gerar resultados sustentáveis;
  • Família: Comportamentos desejáveis – respeitar as diferenças, trabalhar em equipe, valorizar e respeitar as pessoas;
Se espera que valores direcionem o comportamento individual e coletivo refletido nos processos, clima organizacional e liderança.

Para acessar o Regimento Interno da Católica do Tocantins clique aqui.

Portaria de Recredenciamento da Católica do Tocantins clique aqui.